segunda-feira, fevereiro 01, 2010

PostHeaderIcon Depois de mais de 1 mes

A Ribeira vista da parte alta de Gaia.

Com Ana

Brincando no parquinho com papai e ao fundo...a Ribeira.

Os dias passam mesmo muito rapido. Ja faz mais de 1 mes que estamos em Portugal e somente ha 2 semanas e que mudamos - enfim! - pra nosso cantinho. Estamos felizes que tenha surgido esse apto legal de 1 quarto pra podermos, ao menos, abrir as malas de vez. Estava mais do que cansada de nao ter a liberdade de abrir as minhas proprias malas...era como se a minha vida toda estivesse ali, trancada e sem que nada eu pudesse fazer. O apto e simples e nao tem tudo o que esperavamos encontrar, mas e limpo, novo e tem as coisas que estrangeiros - como nos! - podem aproveitar.
Passei dias e mais dias, semanas ate...pensando, pensando no que dizer aqui, no que narrar, na verdade. O nosso comeco aqui em Portugal nao foi facil e eu fiquei querendo contar mais da minha frustracao, mas por outro lado, acabei resolvendo calar e "apurar", "lapidar" um pouco mais todas as emocoes fragmentadas pelas quais passei, passo e ainda vou passar. Acabei me decidindo por narrar as minhas impressoes nessa terra como apenas a " estrangeira " que sou sem fazer comparacoes e/ou exaltando esse ou aquele pais onde vivo e/ou por onde passei. Cada uma e do jeito que e a gente tem que aprender a viver, a conviver com as diferencas que enfeitam e enchem de beleza a alma de todo o ser vivente. Nenhum lugar e mais bonito ou mais importante que outro. Cada um tem a sua devida importancia, beleza e razao de ser, mas eu tambem tenho o direito de gostar mais de um do que de outro ja que aqui eu falo de mim, das minhas experiencias, da minha vida, dos meus dias, da minha existencia enquanto SER e tenho a liberdade pra exprimir em palavras as minhas mais intrinsecas opinioes e pensamentos mesmo enquanto impressoes que sejam.


Em outras palavras,posso ver que a minha vida continua seguindo não somente na direção do meu próprio rio,mas no rio de muitas vidas. E,como diria Drummond "PORQUE SOU DO TAMANHO DAQUILO QUE VEJO E NÃO DO TAMANHO DA MINHA ALTURA".

Esse e apenas o " prefacio" dos muitos capitulos na Odisseia dos meus dias pela Europa. E la vou eu pelo mundo com o meu diario. Ha muito o que viver!

4 comentários:

Adriana disse...

Ola Elis, nao podia passar aqui e nao te deixar uma palavrinha. Qdo te fiz o primeiro post eu te disse que eras uma mulher forte, corajosa, batalhadora e valente, muito valente e apesar de termos nos visto somente uma vez, mas trocado emails e faldo ao telefone contigo, confirmo e assino em baixo tudo que escrevi, eres tudo isso e mais:eres uma nordestina arretada. Um beijinho carregado de energias positivas a esta familia maravilhosa

go disse...

Viver em sociedade é um desafio porque às vezes ficamos presos a determinadas normas que nos obrigam a seguir regras limitadoras do nosso ser ou do nosso não-ser...
Quero dizer com isso que nós temos, no mínimo, duas personalidades: a objetiva, que todos ao nosso redor conhece; e a subjetiva... Em alguns momentos, esta se mostra tão misteriosa que se perguntarmos - Quem somos? Não saberemos dizer ao certo!!!
Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser... Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você... O que pensa disso? Gorete.

Alek disse...

Oi amiga... que bom que achou seu cantinho e devagar vai construindo sua história na terrinha lusitana... desejo boa sorte e tudo de bom pra ti aí... beijos!

Vivi disse...

MUITOOOO feliz em ler este post amiga.Amei sentir vc mais tranquila, ter um canto deixa a gente mais serena :)
Aproveite cada momento desses 5 meses que restam aí, a Europa é linda e vc pode aproveitar muito. PT é lindo e vc vai amar.
Bjokas

Minhas fotos

www.flickr.com

About Me

Minha foto
Elis
Joao Pessoa -, PB e Illinois, United States
Visualizar meu perfil completo
http://meiroca.blogspot.com/. Tecnologia do Blogger.

eXTReMe Tracker

Quote of the Day

more Quotes

Seguidores

Tradutor

Blog Archive

Páginas