terça-feira, outubro 20, 2009

PostHeaderIcon A picada da víbora

Um dia,estava Zaratustra a dormitar sob uma figueira,porque fazia calor e tinha tapado o rosto com o braço.Nisto chegou uma víbora,mordeu-lhe o pescoço e ele soltou um grito de dor.Afastando o braço do rosto,olhou a serpente e ela reconheceu os olhos de Zaratustra,contorceu-se vagarosamente e quis se retirar. "Não - disse Zaratustra - espera,ainda não te agradeci!Despertaste-me a tempo,pois o meu caminho ainda é longo".
"O teu caminho teu caminho é curto" ,disse tristemente a víbora : - o meu veneno mata.Zaratustra pôs-se a rir."Quando foi que o veneno de uma serpente matou um dragão?".E ele ainda disse : "Reabsorve o teu veneno!Não és rica demais pra me fazeres presente dele".Então,a víbora tornou a enlaçar-lhe o pescoço e lambeu a ferida.


Um dia, Zaratustra contou isso aos seus discípulos, e eles perguntaram-lhe : "E qual é a moral do teu conto?".Zaratustra respondeu : "Os bons e os justos chamam-me o destruidor da moral: o meu conto é imoral. Se tendes, porém,um inimigo, não lhe devolvais bem por mal porque se sentiria humilhado. Demonstrai-lhe, pelo contrário,que vos fez um bem.E a ter que humilhar, prefira encolerizar.E quando se vos amaldiçoe, amaldiçoai tb! E se vos fizerem uma grande injustiça, fazei vós imediatamente cinco injustiças pequenas.I nventai-me a justiça que absorve todos, exceto aquele que julga! Quereis ouvir mais? No que quer ser verdadeiramente justo, a mentira muda-se em filantropia! Mas, como eu poderia ser verdadeiramente justo?Como poderia dar a cada um o seu? Bastai-me isso : eu dou a cada um o meu. Enfim,i rmãos,l ivrai-vos de ofender ao solitário. Como poderia um solitário esquecer? Como poderia devolver? Um solitário,é um poço profundo.É fácil lançar nele uma pedra, mas se a pedra vai ao fundo quem se atreverá a retirá-la?Livrai-vos de ofender o solitário, mas se o fendestes então,MATAI-O TAMBÉM."



Assim Falou Zaratustra - Friendrich Nietzsche

Ha alguns dias, comentei sobre alguem que me quebrou a confianca, a amizade. E sera desse jeito que estou agindo e que irei agir. "Quando foi que o veneno de uma serpente matou um dragao?".

2 comentários:

Anônimo disse...

Olhe para todos ao seu redor e veja o que temos feito de nós e a isso considerado vitória nossa de cada dia. Não temos amado, acima de todas as coisas. Não temos aceite o que não se entende porque não queremos passar por tolos. Temos amontoado coisas e seguranças por não nos termos um ao outro. Não temos nenhuma alegria que não tenha sido catalogada. Temos construído catedrais, e ficado do lado de fora pois as catedrais que nós mesmos construímos, tememos que sejam armadilhas. Não nos temos entregue a nós mesmos, pois isso seria o começo de uma vida larga e nós a tememos.

Temos evitado cair de joelhos diante do primeiro de nós que por amor diga: tens medo. Temos organizado associações e clubes sorridentes onde se serve com ou sem soda. Temos procurado nos salvar mas sem usar a palavra salvação para não nos envergonharmos de ser inocentes. Não temos usado a palavra amor para não termos de reconhecer a sua contextura de ódio, de amor, de ciúme e de tantos outros contraditórios. Temos mantido em segredo a nossa morte para tornar a nossa vida possível. Muitos de nós fazem arte por não saber como é a outra coisa. Temos disfarçado com falso amor a nossa indiferença, sabendo que nossa indiferença é angústia disfarçada. Temos disfarçado com o pequeno medo o grande medo maior e por isso nunca falamos no que realmente importa. Falar no que realmente importa é considerado uma gaffe.
Não temos adorado por termos a sensata mesquinhez de nos lembrarmos a tempo dos falsos deuses. Não temos sido puros e ingénuos para não rirmos de nós mesmos e para que no fim do dia possamos dizer «pelo menos não fui tolo» e assim não ficarmos perplexos antes de apagar a luz. Temos sorrido em público do que não sorriríamos quando ficássemos sozinhos. Temos chamado de fraqueza a nossa candura. Temo-nos temido um ao outro, acima de tudo. E a tudo isso consideramos a vitória nossa de cada dia.

Clarice Lispector,

Anônimo disse...

ESPERO QUE VC G0STE, UM BOM DIA. GORETE

Minhas fotos

www.flickr.com

About Me

Minha foto
Elis
Joao Pessoa -, PB e Illinois, United States
Visualizar meu perfil completo
http://meiroca.blogspot.com/. Tecnologia do Blogger.

eXTReMe Tracker

Quote of the Day

more Quotes

Seguidores

Tradutor

Blog Archive

Páginas